“Saímos de cabeça erguida”, diz capitão do Uberlândia após empate na decisão

Cenoura com a taça de vice-campeão da Série B: para capitão, Uberlândia cumpriu missão de retornar à elite da Suburbana

Cenoura com a taça de vice-campeão da Série B: para capitão, Uberlândia cumpriu missão de retornar à elite da Suburbana

Após uma derrota inesperada em casa por 4 a 0 na partida de ida, parecia pouco provável que o Uberlândia conseguisse reverter a vantagem do Combate Barreirinha na decisão da Série B da Suburbana. E realmente não foi revertida, mas o empate por 3 a 3 após estar perdendo por 3 a 0 mostrou o poder de reação do time auriazul e deu o gosto de que, fora o desastre da ida, a decisão poderia ter sido bem mais equilibrada no placar geral. No entanto, a principal missão da temporada, o retorno à Série A um ano após a queda, estava cumprida e com honras.

“O primeiro jogo foi muito decisivo. Temos de enaltecer que o Combate é uma excelente equipe, mas que o Uberlândia foi muito além das expectativas. Conseguimos nosso objetivo que era o acesso porque o time é muito bom e conseguimos não perder aqui hoje [sábado (12)]”, afirmou após o partida o meia-atacante Cenoura, capitão da equipe.

Para entender pelo que passou o Uberlândia na competição, o time do estádio Gustavo Manoel Schier classificou-se em terceiro lugar na sua chave da 1.ª Fase, carimbando a classificação apenas na última rodada. Na segunda fase, a passagem foi mais tranquila e o primeiro lugar na chave veio em parte por um erro de escalação do Capão Raso, que acabou sendo punido com perda de pontos. As duas equipes vizinhas sobraram em cima de Grêmio Ipiranga e São Braz em seu quadrangular. Das quatro equipes semifinalistas, o Uberlândia era a que menos somou pontos na classificação geral e, copeira, o onze capitaneado por Cenoura precisou de decisão por pênaltis para eliminar o Imperial, a principal surpresa positiva da competição, em pleno Octávio Sílvio Nicco, aquele estádio que você viu aqui, e carimbar o acesso.

“Saímos de cabeça erguida, nosso time é muito unido e mostrou isso dentro de campo. Ano que vem, vamos ver o que fazer. Se continuarmos assim, unidos, o Uberlândia vai dar muito o que falar no ano que vem”, concluiu o camisa 11.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Futebol Alternativo, Metrópole adentro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s