Em dia de Chuva, Santa Quitéria vence Novo Mundo de virada

Jogadores do Santa Quitéria comemoram gol de Adriano Chuva, abrindo a virada sobre o Novo Mundo

Jogadores do Santa Quitéria comemoram gol de Adriano Chuva, abrindo a virada sobre o Novo Mundo

Num campo molhado no Maurício Fruet, durante e após tempestade, Adriano Chuva teve seu dia de comandar o Santa Quitéria na vitória de 3 a 1, de virada sobre o Novo Mundo, em partida válida pela ida das semifinais da Suburbana. O resultado de sábado (14) deixou o time do lateral-esquerdo a um empate da decisão da Suburbana. Foi de Adriano Chuva o gol do empate e o cruzamento que virou a virada, marcado por Lela. Fernandinho ainda marcou para o Quitéria, enquanto que Lucas Batatinha fez o gol do Novo Mundo que abriu o placar.

“Coincidiu o tempo com meu apelido no futebol. Feliz por ter dado certo o Quitéria, tanto no coletivo individual. Sabemos que conseguimos uma pequena vantagem, mas tem jogo de volta. Respeitamos muito o time do Novo Mundo e sabemos que o Ivo [Petry] é um ótimo treinador e trabalha muito bem sua equipe”, afirmou Adriano Chuva.

“a gente viu aqui que pode fazer bom jogo. A gente errou muitas finalizações no primeiro tempo e tomou dois gols em bola parada. Temos total condição de reverter o resultado num campo melhor. Aqui tava ruim pros dois, mas desfavoreceu a gente que joga com a bola no pé no meio de campo”, disse Lucas Batatinha, autor do gol do Novo Mundo.

Os dois times voltarão a se enfrentar no próximo sábado, às 16h30, na Arena Vermelha. Um empate classifica o Santa Quitéria para a decisão. Como não tem saldo neste mata-mata, qualquer vitória do Novo Mundo leva a decisão para a prorrogação, em que o empate leva para os pênaltis. Na preliminar, às 14h30, nos juvenis, teremos Novo Mundo x Operário Pilarzinho, cujo jogo de ida você confere como foi mais embaixo nesta mesma reportagem.

O jogo

Durante a preliminar, uma tempestade caiu sobre o bairro do Santa Quitéria, molhando o campo, mas dando uma trégua no fim da partida. Porém, voltou a chover quando o time do Santa Quitéria entrou em campo e foi assim principalmente durante o primeiro tempo do jogo, o que deixou o campo do Maurício Fruet bastante enlameado e escorregadio.

Quem saiu na frente, dando um banho de água fria no torcedor que veio em bom número ao campo, foi o Novo Mundo. O goleiro Danilo, que substituiu Jonas, suspenso pelo terceiro amarelo, cometeu pênalti. Lucas Batatinha converteu a cobrança aos 16 minutos de jogo.

O Santa Quitéria sentiu o gol sofrido durante alguns minutos, mas foi se recolocando nos eixos, principalmente em cobranças de bola parada. Em uma delas, do lado direito, aos 36 minutos, Adriano Chuva bateu com perfeição e empatou a partida.

Com o placar empatado e os ânimos mais equilibrados, o Santa Quitéria começou a ter domínio do jogo. Na segunda etapa veio a virada. Após escanteio cobrado por Adriano Chuva, aos 10 minutos, Lela cabeceou para virar o marcador.

Na frente, o Santa Quitéria mostrou-se brigador no meio de campo e letal nos contra-ataques, enquanto que o Novo Mundo sentiu dificuldades na saída de bola. Foi em um contra-ataque que o terceiro gol veio, logo depois do segundo, aos 13 minutos. Fernandinho recebeu em velocidade pela direita e tocou na saída do goleiro Péricles.

Parabéns para você

Após a partida, os jogadores do Santa Quitéria deram um banho de lama no aniversariante do dia, o técnico Leandro Chibior, em frente à Torcida Taliban, que cantou “parabéns para você” ao comandante da equipe. Chibior teve duplo motivo para comemorar, tendo em vista a vitória da sua equipe.

Jogadores do Santa Quitéria dão os parabéns enlameados ao técnico Leandro Chibior

Jogadores do Santa Quitéria dão os parabéns enlameados ao técnico Leandro Chibior

Novo empate, mas menos gols nos juvenis

Na preliminar de juvenis, disputada entre Operário Pilarzinho e Novo Mundo, deu empate: 2 a 2. Foi um jogo bem corrido, com o Novo Mundo saindo na frente aos 9 minutos do 1.º tempo com Bueno de cabeça. O empate do Operário veio logo em seguida, aos 11, com Ramires acertando um forte chute na gaveta.

O Operário Pilarzinho virou o marcador logo aos 2 minutos do 2.º tempo com Yan cobrando pênalti. O placar foi definido com o empate do Novo Mundo por meio de jogada aérea finalizada por Léo Pereira aos 28 minutos.

Quem vencer a volta na Arena Vermelha leva a vaga para a decisão. Empate leva a decisão para os pênaltis.

Ficha Técnica:

Santa Quitéria 3 x 1 Novo Mundo

Estádio Maurício Fruet, Santa Quitéria, Curitiba

Santa Quitéria: Danilo; Luan (Renan), Lela, Bruno (Lima) e Adriano Chuva; Adam, Edinaldo Pedra, Fernandinho (Jacaré) e Gean; Jonatas Omelete e Robson (João Vítor). Técnico: Leandro Chibior.

Novo Mundo: Péricles; Paulo Sérgio, Samuca e Anderson (Dedé); Geraldo (Evandro), Dione (Marcelo), Hideo,  Mateus e Bruno; Gelson e Lucas Batatinha (Vaguinho). Técnico: Ivo Petry.

Arbitragem: Lucas Paulo Torezin, Ivan Carlos Bohn, Giovani M. de O. Massoquetto.

Gols: Lucas Batatinha (NMU), aos 16’/1.º; Adriano Chuva  (SQT), aos 36’/1.º; Lela (SQT), aos 10’/2.º; Fernandinho (SQT), aos 13’/2.º.

Cartões Amarelos: Danilo, Lela, Jonatas Omelete (SQT); Lucas Batatinha, Dedé (NMU).

Confira Imagens das Partidas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Futebol Alternativo, Metrópole adentro

Uma resposta para “Em dia de Chuva, Santa Quitéria vence Novo Mundo de virada

  1. Pingback: Placar da Rodada – Suburbana | Futebol Metrópole

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s