Trieste vence Santa Quitéria e embola mais ainda o grupo que já estava embolado

Jogadores do Trieste comemoram o primeiro gol da partida, marcado por Victor Tilly (6). Separados por apenas dois pontos, todos os quatro times do Grupo D vão para a rodada final com chances de classificação

Jogadores do Trieste comemoram o primeiro gol da partida, marcado por Victor Tilly (6). Separados por apenas dois pontos, todos os quatro times do Grupo D vão para a rodada final com chances de classificação

Lembram quando disse que o Grupo D da 2.ª Fase Série A da Suburbana estava embolado após a rodada passada? Então, esqueça aquilo, pois agora ele está mais embolado ainda, pois o Trieste venceu o Santa Quitéria por 2 a 0, na tarde deste sábado (31), no Maurício Fruet e, combinado com o empate de 1 a 1 entre Vila Fanny e Renovicente, deixou todos os times da chave separados por no máximo dois pontos.

Vencedor da partida, o Trieste, que tinha apenas um ponto após a terceira rodada, fecha a quinta com sete pontos, na vice-liderança da chave, superando o Renovicente pelo número de vitórias. Lanterna após a derrota, o Santa Quitéria tem seis pontos, dois a menos que o líder Vila Fanny, que tem oito.

“Creio que agora a bola começou a entrar. Estávamos jogando bem e a bola não entrava. Ninguém esperava mais da gente, que a gente estava morto, mas a gente acreditava e agora estamos vivos, mais que vivos. Vamos tentar agora ganhar do Fanny para terminar em primeiro e tentar vantagem na semifinal”, afirmou Victor Tilly, autor do primeiro gol do Trieste. “É complicado. A bola não entrou. Infelizmente dependemos de combinação de resultados. Precisamos fazer nossa parte contra o Renovicente. Foi difícil jogar neste campo com estas condições [bastante enlameado após as chuvas da manhã e da tarde de sábado], pois nosso time é técnico e o jogo virou mais chutões. Tivemos muitas chances e não aproveitamos e eles converteram as poucas. Futebol é detalhe e eles decidiram nos detalhes”, disse Jonatas Omelete, atacante do Santa Quitéria.

Na rodada decisiva, o Trieste recebe o Vila Fanny no Francisco Muraro, enquanto que o Santa Quitéria visita o Renovicente no Solar do Bosque. As partidas serão no próximo sábado (7), com os juvenis em campo às 14h30 e os adultos às 16h30.

O jogo

A partida foi jogada em um gramado bastante enlameado após as chuvas que se estenderam da hora do almoço até o final da preliminar de juvenis. Isso fez do duelo um jogo com bastante contato físico e com os times apostando bastante nas bolas paradas. E foi em uma falta que o Trieste abriu o placar logo aos 6 minutos do 1.º tempo. O lateral-esquerdo Victor Tilly bateu no canto direito de Jonas, que não teve muita possibilidade de defesa no lance.

Em ritmo alucinante, o Quitéria teve a chance de empatar no lance seguinte. Foi a única falta frontal cometida pelo Trieste e, em sua única chance como batedor na partida, o goleiro Jonas cobrou sem muita direção, à esquerda do gol defendido por Diego Molina.

Então desenhou-se a partida: o Quitéria apostou em transições longas aproveitando o excelente índice de acerto de passes e lançamentos de seu goleiro, parando numa defesa do Trieste em uma ótima atuação e contando com a sorte quando algo não dava certo. Por outro lado, o Trieste geria bem a posse de bola e apostava na leveza de seu meio de campo, que teve Erivelton Foguinho em grande forma, e no incômodo que o ataque formado por Laércio e Nathan, ambos muito fortes fisicamente, dava à defesa do time da casa.

Na segunda etapa, a bola parada fez mais uma vez a diferença. Aos 14 minutos, Alan cobrou escanteio da esquerda na cabeça do zagueiro Luciano, que escorou e correu para o abraço. A jogada foi cantada pelo técnico Mário Sérgio Feijão, explicando depois que havia executado a jogada mais de uma dezena de vezes no treinamento.

A partir daí, o Santa Quitéria passou a pressionar mais e parou em boa atuação de Diego Molina. Aos 42 minutos, parou na trave em cabeçada de Robson com o gol aberto, prova que não era mesmo o dia do ataque do Quitéria.

Rojão

Perto do fim da primeira etapa, o auxiliar Tom Gomes Rocha acabou acertado por um tubo de sinalizador usado pela organizada do Santa Quitéria. As primeiras informações são de que quem atirou o objeto foi identificado. A partida seguiu normalmente.

Sinalizador sobre a mesa do representante

Sinalizador sobre a mesa do representante

Torcedor de quatro patas

O Santa Quitéria teve um torcedor animal em suas arquibancadas. Um simpático cão circulou junto com a torcida. Infelizmente, não teve a oportunidade de adentrar o gramado. O futebol respira!

Este cachorro poderá latir para seus netos que viu uma ótima partida entre Santa Quitéria e Trieste

Este cachorro poderá latir para seus netos que viu uma ótima partida entre Santa Quitéria e Trieste

Bola parada (e que bola parada!) decide nos juvenis

Debaixo de chuva, o Trieste venceu o Santa Quitéria por 1 a 0 na categoria juvenil. O único gol da partida preliminar foi marcado pelo ala-direita Gustavo Santos e foi digno de nota. O camisa 2, aos 37 minutos do 1.º tempo, cobrou uma falta com precisão ao ponto da bola tocar o travessão perto da forquilha esquerda do goleiro, bater no chão e morrer no fundo das redes.

O Trieste tem 13 pontos e garantiu a classificação para as semifinais e o primeiro lugar da chave. O Santa Quitéria, que cumpre tabela, estacionou com apenas um ponto, e já sabe que será o quarto colocado do grupo.

Ficha Técnica:

Santa Quitéria 0 x 2 Trieste

Estádio Maurício Fruet, Santa Quitéria, Curitiba

Santa Quitéria: Jonas; Luan, Jair e Adan; Luan, Ednaldo Pedra (Dedé), Aroldo (Lima), Gean (Cleiton) e Adriano Chuva; Robson e Jonatas Omelete. Técnico: Leandro Chibior.

Trieste: Diego Molina; Buiu, Luciano, Carlinhos e Victor Tilly; Cirilo, Amarildo, Alan (Giovane) e Erivélton Foguinho (Alex); Laércio e Nathan (Nenê). Técnico: Mário Sérgio Feijão.

Arbitragem: Adriano Milczvski, Giovani M. de O. Massoqueto e Tom Gomes Rocha.

Gols: Victor Tilly (TRI), aos 6’/1.º; Luciano (TRI), aos 14’/2.°.

Cartões Amarelos: Bruno, Aroldo, Dedé (SQT); Amarildo, Alan, Laércio, Nathan (TRI).

Confira imagens das partidas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Futebol Alternativo, Metrópole adentro

2 Respostas para “Trieste vence Santa Quitéria e embola mais ainda o grupo que já estava embolado

  1. Pingback: Placar da Rodada – Suburbana | Futebol Metrópole

  2. Pingback: União após turbulências foi fundamental para título do Santa Quitéria, explica Chibior | Futebol Metrópole

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s