Arquivo do mês: novembro 2015

Carta aos leitores

Como percebem, este blog é tocado por uma pessoa apenas. Esta única pessoa teve um problema de saúde no último dia 16 de novembro, em que ficou pelo menos seis dias sem andar direito e agora segue em recuperação. Por isso, estamos nos manifestando agora para ao menos tranquilizar nossos leitores e que tenham ciência do que se passa.

O autor do site segue se recuperando, fazendo exames  e consultas e retomando a vida aos poucos. Tão logo tenha condições e liberação média, retomará este espaço e continuará com a cobertura que vinha fazendo.

Peçamos desculpas pelos transtornos e pela interrupção repentina de nosso trabalho. E pedimos a torcida de todos para que voltemos logo a campo e em perfeitas condições de saúde. Obrigado!

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Direto do baú, Futebol Alternativo, Metrópole adentro, Metrópole Poliesportiva, Numeralhas, Opinião, Quiz do Bona, Recomendo por aí

FPF cancela Paranaense Feminino de 2015

Em nota publicada na última sexta-feira (13), a Federação Paranaense de Futebol (FPF) anunciou o cancelamento do Campeonato Paranaense Feminino de 2015. Pela primeira vez desde 2009, ano que se interrompeu sequência de disputas que vinham desde 1998, ano que a competição foi inaugurada, não teremos a competição mais importante da categoria no estado.

A entidade alegou que não houve número suficiente de equipes interessadas em disputar a competição, que tinha inicialmente arbitral marcado para 8 de outubro e sofreu dois adiamentos por número insuficiente de equipes participantes, sendo finalmente cancelado. Para que a competição fosse disputada, seriam necessárias três equipes.

Confira todos os campeões do Paranaense Feminino:

1998 – União Ahu

1999 – União Ahu

2000 – Maringá

2001 – Gresfi (Foz do Iguaçu)

2002 – Novo Mundo

2003 – Novo Mundo

2004 – Novo Mundo

2005 – São José

2006 – São José

2007 – Jaborá (São José dos Pinhais)

2008 – Novo Mundo

2009 – Não realizado

2010 – Foz do Iguaçu

2011 – Foz Cataratas

2012 – Foz Cataratas

2013 – Foz Cataratas

2014 – Foz Cataratas

Deixe um comentário

Arquivado em Metrópole adentro

Placar da Rodada – Suburbana

suburbana2015

Jogos de sábado (14)

Série A

Semifinais – Ida

Adultos

Vila Fanny 2 x 3 Iguaçu

Santa Quitéria 3 x 1 Novo Mundo

Juvenis

Renovicente 2 x 0 Trieste

Operário Pilarzinho 2 x 2 Novo Mundo

Próximos jogos

Semifinais – Volta

Sábado (21/11) – Juvenis 14h30 – Adultos – 16h30

O local de partida é sempre o do mandante do jogo dos adultos

Juvenis: (o pts) Trieste x Renovicente (3 pts)

Adultos: (3pts) Iguaçu x Vila Fanny (0 pts)

 

Juvenis: (1 pt) Novo Mundo x Operário Pilarzinho (1 pt)

Adultos: (0 pts) Novo Mundo x Santa Quitéria (3 pts)

 

Série B

2.ª Fase – 6.ª Rodada

Grupo C

Capão Raso 2 x 2 Uberlândia

Classificação

1.º Uberlândia – 11 pts

2.º Capão Raso – 9 pts*

3.º Palmeirinha – 3 pts – 1 vitória – saldo -10

4.º São Braz – 3 pts – 1 vitória – saldo -14

*: Punido com a perda de seis pontos por escalação irregular de jogador suspenso

Grupo D

Combate Barreirinha 2 x 1 Vasco

Imperial 4 x 2 Grêmio Ipiranga

Classificação

1.º Combate Barreirinha – 11 pts – 3 vitórias – saldo +9

2.º Imperial – 11 pts – 3 vitórias – saldo +1

3.º Vasco – 7 pts

4.º Grêmio Ipiranga – 5 pts

Duelos das semifinais

Uberlândia x Imperial

Combate Barreirinha x Capão Raso

Juvenis

Grupo C

Caxias 0 x 3 Ypiranga

São Braz 3 x 1 Palmeirinha

Classificação

1.º Caxias – 13 pts – 4 vitórias – saldo +14

2.º Ypiranga – 13 pts – 4 vitórias – saldo +7

3.º São Braz – 12 pts

4.º Palmeirinha – 0 pts

Grupo D

Bairro Alto 2 x 6 Grêmio Ipiranga

Classificação

1.º Bairro Alto – 13 pt

2.º Grêmio Ipiranga – 12 pts

3.º União Ahu – 5 pts

4.º Combate Barreirinha – 1 pt

Classificados para as semifinais:

Caxias

Ypiranga

Bairro Alto

Grêmio Ipiranga

Próximos jogos

A FPF divulgará durante a semana a tabela das semifinais da Série B com a ordem correta dos confrontos dos adultos, assim como quem acompanha quem na fase nos Juvenis.

1 comentário

Arquivado em Futebol Alternativo, Numeralhas

Em dia de Chuva, Santa Quitéria vence Novo Mundo de virada

Jogadores do Santa Quitéria comemoram gol de Adriano Chuva, abrindo a virada sobre o Novo Mundo

Jogadores do Santa Quitéria comemoram gol de Adriano Chuva, abrindo a virada sobre o Novo Mundo

Num campo molhado no Maurício Fruet, durante e após tempestade, Adriano Chuva teve seu dia de comandar o Santa Quitéria na vitória de 3 a 1, de virada sobre o Novo Mundo, em partida válida pela ida das semifinais da Suburbana. O resultado de sábado (14) deixou o time do lateral-esquerdo a um empate da decisão da Suburbana. Foi de Adriano Chuva o gol do empate e o cruzamento que virou a virada, marcado por Lela. Fernandinho ainda marcou para o Quitéria, enquanto que Lucas Batatinha fez o gol do Novo Mundo que abriu o placar.

“Coincidiu o tempo com meu apelido no futebol. Feliz por ter dado certo o Quitéria, tanto no coletivo individual. Sabemos que conseguimos uma pequena vantagem, mas tem jogo de volta. Respeitamos muito o time do Novo Mundo e sabemos que o Ivo [Petry] é um ótimo treinador e trabalha muito bem sua equipe”, afirmou Adriano Chuva.

“a gente viu aqui que pode fazer bom jogo. A gente errou muitas finalizações no primeiro tempo e tomou dois gols em bola parada. Temos total condição de reverter o resultado num campo melhor. Aqui tava ruim pros dois, mas desfavoreceu a gente que joga com a bola no pé no meio de campo”, disse Lucas Batatinha, autor do gol do Novo Mundo.

Os dois times voltarão a se enfrentar no próximo sábado, às 16h30, na Arena Vermelha. Um empate classifica o Santa Quitéria para a decisão. Como não tem saldo neste mata-mata, qualquer vitória do Novo Mundo leva a decisão para a prorrogação, em que o empate leva para os pênaltis. Na preliminar, às 14h30, nos juvenis, teremos Novo Mundo x Operário Pilarzinho, cujo jogo de ida você confere como foi mais embaixo nesta mesma reportagem.

O jogo

Durante a preliminar, uma tempestade caiu sobre o bairro do Santa Quitéria, molhando o campo, mas dando uma trégua no fim da partida. Porém, voltou a chover quando o time do Santa Quitéria entrou em campo e foi assim principalmente durante o primeiro tempo do jogo, o que deixou o campo do Maurício Fruet bastante enlameado e escorregadio.

Quem saiu na frente, dando um banho de água fria no torcedor que veio em bom número ao campo, foi o Novo Mundo. O goleiro Danilo, que substituiu Jonas, suspenso pelo terceiro amarelo, cometeu pênalti. Lucas Batatinha converteu a cobrança aos 16 minutos de jogo.

O Santa Quitéria sentiu o gol sofrido durante alguns minutos, mas foi se recolocando nos eixos, principalmente em cobranças de bola parada. Em uma delas, do lado direito, aos 36 minutos, Adriano Chuva bateu com perfeição e empatou a partida.

Com o placar empatado e os ânimos mais equilibrados, o Santa Quitéria começou a ter domínio do jogo. Na segunda etapa veio a virada. Após escanteio cobrado por Adriano Chuva, aos 10 minutos, Lela cabeceou para virar o marcador.

Na frente, o Santa Quitéria mostrou-se brigador no meio de campo e letal nos contra-ataques, enquanto que o Novo Mundo sentiu dificuldades na saída de bola. Foi em um contra-ataque que o terceiro gol veio, logo depois do segundo, aos 13 minutos. Fernandinho recebeu em velocidade pela direita e tocou na saída do goleiro Péricles.

Parabéns para você

Após a partida, os jogadores do Santa Quitéria deram um banho de lama no aniversariante do dia, o técnico Leandro Chibior, em frente à Torcida Taliban, que cantou “parabéns para você” ao comandante da equipe. Chibior teve duplo motivo para comemorar, tendo em vista a vitória da sua equipe.

Jogadores do Santa Quitéria dão os parabéns enlameados ao técnico Leandro Chibior

Jogadores do Santa Quitéria dão os parabéns enlameados ao técnico Leandro Chibior

Novo empate, mas menos gols nos juvenis

Na preliminar de juvenis, disputada entre Operário Pilarzinho e Novo Mundo, deu empate: 2 a 2. Foi um jogo bem corrido, com o Novo Mundo saindo na frente aos 9 minutos do 1.º tempo com Bueno de cabeça. O empate do Operário veio logo em seguida, aos 11, com Ramires acertando um forte chute na gaveta.

O Operário Pilarzinho virou o marcador logo aos 2 minutos do 2.º tempo com Yan cobrando pênalti. O placar foi definido com o empate do Novo Mundo por meio de jogada aérea finalizada por Léo Pereira aos 28 minutos.

Quem vencer a volta na Arena Vermelha leva a vaga para a decisão. Empate leva a decisão para os pênaltis.

Ficha Técnica:

Santa Quitéria 3 x 1 Novo Mundo

Estádio Maurício Fruet, Santa Quitéria, Curitiba

Santa Quitéria: Danilo; Luan (Renan), Lela, Bruno (Lima) e Adriano Chuva; Adam, Edinaldo Pedra, Fernandinho (Jacaré) e Gean; Jonatas Omelete e Robson (João Vítor). Técnico: Leandro Chibior.

Novo Mundo: Péricles; Paulo Sérgio, Samuca e Anderson (Dedé); Geraldo (Evandro), Dione (Marcelo), Hideo,  Mateus e Bruno; Gelson e Lucas Batatinha (Vaguinho). Técnico: Ivo Petry.

Arbitragem: Lucas Paulo Torezin, Ivan Carlos Bohn, Giovani M. de O. Massoquetto.

Gols: Lucas Batatinha (NMU), aos 16’/1.º; Adriano Chuva  (SQT), aos 36’/1.º; Lela (SQT), aos 10’/2.º; Fernandinho (SQT), aos 13’/2.º.

Cartões Amarelos: Danilo, Lela, Jonatas Omelete (SQT); Lucas Batatinha, Dedé (NMU).

Confira Imagens das Partidas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

1 comentário

Arquivado em Futebol Alternativo, Metrópole adentro

Entenda a matemática da classificação da Série B da Suburbana

O estádio Octávio Sílvio Nicco será palco de partidas pelo Grupo D. Nos adultos, o Imperial joga por sua classificação para as semifinais

O estádio Octávio Sílvio Nicco será palco de partidas pelo Grupo D. Nos adultos, o Imperial joga por sua classificação para as semifinais

Assim como a Série A na semana passada, a Série B da Suburbana chega agora ao final de sua 2.ª Fase. Serão apenas quatro times em cada categoria a partir da próxima fase. Se em algumas chaves as coisas estão decididas ou 99% encaminhadas, em outras a disputa é voraz. Sendo assim, o Futebol Metrópole mostra as contas que cada time terá de fazer para se classificar ou ser primeiro lugar do grupo.

Adultos

Grupo C

1.º Uberlândia – 10 pts – 3 vitórias – saldo +12 – 17 gols pró

Enfrenta: Capão Raso (F)

O Uberlândia já está classificado. Com a punição do Capão Raso por escalação de jogador suspenso, o time auriazul assumiu a liderança da chave e precisa de apenas um empate no clássico contra o próprio Capão Raso para manter a primeira colocação da chave.

2.º Capão Raso – 8 pts – 4 vitórias – saldo +12 – 15 gols pró

Enfrenta: Uberlândia (C)

O Capão Raso teria a primeira colocação garantida se não fosse a perda de seis pontos. No entanto, isso nem colocou em risco a classificação, tal é o desempenho do Tricolor de Aço nesta temporada. Já classificado, precisa vencer o clássico contra o Uberlândia para recuperar a primeira posição.

3.º Palmeirinha – 3 pts – 1 vitória – saldo -10 – 4 gols pró

4.º São Braz – 3 pts – 1 vitória – saldo -14 – 5 gols pró

Ambas equipes não têm chance alguma. A partida entre elas não será realizada, inclusive não constando mais na tabela da Federação Paranaense de Futebol.

 

Grupo D

1.º Combate Barreirinha – 8 pts – 2 vitórias – sado +6 – 14 gols pró

Enfrenta: Vasco (C)

Um empate classifica o Combate. Caso perca, terá de torcer para vitória do Grêmio Ipiranga sobre o Imperial desde que o Grêmio Ipiranga não tire uma diferença de saldo que é atualmente de 12. Para ser primeiro do grupo, basta uma vitória, desde que o Imperial não vença tirando uma diferença de saldo de gols que é atualmente de sete. Se empatar, será primeiro do grupo caso o Imperial não vença sua partida.

2.º Imperial – 8 pts – 2 vitórias – saldo -1 – 7 gols pró

Enfrenta: Grêmio Ipiranga (C)

Um empate classifica o Imperial. Caso perca, terá de torcer para vitória do Combate Barreirinha sobre o Vasco ou que o Vasco goleie de modo que o saldo do Combate fique menor que o do Imperial. A diferença atual é de sete gols para o Combate. Para ser primeiro do grupo, precisa vencer e torcer para o Combate não vencer o Vasco ou ainda que a vitória seja por uma diferença que reverta a já citada diferença de saldo.

3.º Vasco – 7 pts – 2 vitórias – saldo +1 – 6 gols pró

Enfrenta: Combate Barreirinha (F)

Uma vitória classifica o Vasco. Se empatar, terá de torcer para derrota do Imperial contra o Grêmio Ipiranga. Para ser o primeiro do grupo, precisa vencer e torcer para que o Imperial não vença sua partida.

4.º Grêmio Ipiranga – 5 pts – 1 vitória – saldo -6 – 5 gols pró

Enfrenta: Imperial (F)

O Grêmio Ipiranga chega vivo, mas precisa de uma combinação de resultados para se classificar. Precisa vencer o Imperial por mais de cinco gols de saldo e torcer para que o Combate vença o Vasco. Caso Combate e Vasco empatem, terá de tirar mais dois gols de saldo, isto é, vencer por sete gols de diferença para superar o Vasco. Caso o Vasco vença o Combate, terá de golear para tirar também a diferença de saldo do time da Barreirinha. O Grêmio Ipiranga não pode mais ser o primeiro do grupo.

 

Juvenis

Grupo C

1.º Caxias – 13 pts – 4 vitórias – saldo +17 – 24 gols pró

Enfrenta: Ypiranga (C)*

O Caxias já está classificado e garante o primeiro lugar do grupo com um empate. Em caso de derrota, a liderança só vai embora se for uma goleada por treze ou mais gols de diferença. Confortável.

2.º Ypiranga – 10 pts – 3 vitórias – saldo +4 – 13 gols pró

Enfrenta: Caxias (F)

O Ypiranga precisa de um empate para se classificar. Caso perca, terá de torcer para o São Braz não vencer o Palmeirinha. Para ser o primeiro lugar do grupo, precisa vencer o Caxias por treze (isso mesmo, treze) gols de diferença.

3.º São Braz – 9 pts – 3 vitórias – saldo +2 – 13 gols pró

Enfrenta: Palmeirinha (F)

O São Braz precisa vencer o Palmeirinha e torcer para o Ypiranga não vencer o Caxias. Em caso de empate, classifica caso o Ypiranga perca por três ou mais gols de diferença.

4.º Palmeirinha – 0 pts – 0 vitórias – saldo -23 – 3 gols pró

Enfrenta: São Braz (C)

O Palmeirinha cumpre tabela e no máximo joga para ter o gostinho de uma vitória no fim desta fase.

 

Grupo D

1.º Bairro Alto – 13 pts – 5 vitórias – saldo +5 – 5 gols pró

Enfrenta: Grêmio Ipiranga (C)*

O Bairro Alto está classificado e é o primeiro do grupo. A importância do jogo é apenas somar pontos para a classificação geral.

2.º Grêmio Ipiranga – 9 pts – 3 vitórias – saldo +2 – 8 gols pró

Enfrenta: Bairro Alto (F)

O Grêmio Ipiranga está classificado e é o segundo do grupo. A importância do jogo é apenas somar pontos para a classificação geral.

3.º União Ahu – 5 pts – 1 vitória – saldo -2 – 2 gols pró

4.º Combate Barreirinha – 1 pt – 0 vitórias – saldo -5 – 5 gols pró

As duas equipes não têm mais chances nenhuma e se enfrentariam. A partida foi cancelada e sequer consta mais na tabela da FPF.

* Nos Juvenis, os times que não classificaram no Adulto acompanham uma equipe Adulta que não classificou no Juvenil. O Caxias está acompanhando o Capão Raso, enquanto que o Bairro Alto acompanha o Imperial.

Deixe um comentário

Arquivado em Futebol Alternativo, Metrópole adentro, Numeralhas

Capão Raso perde seis pontos no TJD-PR, mas segue classificado na Segundona

suburbana2015

Em julgamento realizado na noite desta terça-feira (10) no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR), o Capão Raso foi punido com a perda de seis pontos na Série B da Suburbana. Com isso, o Tricolor de Aço caiu da primeira para a segunda posição do Grupo C da 2.ª Fase, indo de 14 para oito pontos, sendo ultrapassado pelo arquirrival Uberlândia, que tem dez.

A punição surgiu pela escalação irregular do atleta Wescley, que teria de cumprir uma suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. O clube errou a contagem dos cartões e o retirou de uma partida anterior, imaginando ser o terceiro, mas Wescley seguiu atuando pendurado e recebeu o terceiro, que o clube imaginava ser o primeiro de uma nova série. Ao atuar no dia 24 de outubro contra o São Braz, o clube acabou cometendo a infração.

Apesar dos seis pontos perdidos, a classificação do Capão Raso não está ameaçada, pois o terceiro colocado Palmeirinha alcança no máximo seis pontos, dois a menos que a nova pontuação do Tricolor de Aço. Na última rodada, a equipe faz clássico contra o Uberlândia, em casa. O Uberlândia garante, neste novo cenário, a primeira colocação com um empate. O Capão Raso precisa vencer para recuperar a liderança.

Deixe um comentário

Arquivado em Futebol Alternativo, Metrópole adentro

Federação divulga tabela das semifinais da Suburbana

Semifinais começam neste sábado (14)

Semifinais começam neste sábado (14)

A Federação Paranaense de Futebol (FPF) divulgou nesta terça-feira a tabela das semifinais da Série A da Suburbana. As partidas serão realizadas nos dias 14 e 21 de novembro com os juvenis entrando em campo às 14h30 e os adultos às 16h30.

Diferente do que imaginávamos, o Santa Quitéria não decidirá em casa, pois o regulamento prevê melhor campanha global e não melhor posição na tabela na fase anterior, por isso, a ida contra o Novo Mundo será no Maurício Fruet e a volta na Arena Vermelha, que curiosamente ficam distantes apenas 3 quilômetros um do outro.

Além disso, como apenas o Novo Mundo classificou tanto no adulto como no juvenil, a FPF definiu quem acompanha cada equipe nesta fase, tentando deixar os times o mais próximo possível de seus acompanhantes: os juvenis do Renovicente acompanham o Vila Fanny, os juvenis do Trieste acompanham o arquirrival e vizinho de bairro Iguaçu e os juvenis do Operário Pilarzinho acompanham o Santa Quitéria.

Confira a tabela:

Semifinais – Ida

Sábado (14/11) – Juvenis 14h30 – Adultos – 16h30

O local de partida é sempre o do mandante do jogo dos adultos

Juvenis: Renovicente x Trieste

Adultos: Vila Fanny x Iguaçu

 

Juvenis: Operário Pilarzinho x Novo Mundo

Adultos: Santa Quitéria x Novo Mundo

 

Semifinais – Volta

Sábado (21/11) – Juvenis 14h30 – Adultos – 16h30

O local de partida é sempre o do mandante do jogo dos adultos

Juvenis: Trieste x Renovicente

Adultos: Iguaçu x Vila Fanny

 

Juvenis: Novo Mundo x Operário Pilarzinho

Adultos: Novo Mundo x Santa Quitéria

Deixe um comentário

Arquivado em Futebol Alternativo, Metrópole adentro