Renovicente se reabilita sobre Vila Fanny em virada nervosa

Willians corre para comemorar com o banco do Renovicente o gol que abriu caminho para a virada de sua equipe sobre o Vila Fanny por 4 a 1

Willians corre para comemorar com o banco do Renovicente o gol que abriu caminho para a virada de sua equipe sobre o Vila Fanny por 4 a 1

Num jogo bastante pegado e nervoso, com direito a muitos cartões , o Renovicente encerrou uma série de três derrotas ao bater o Vila Fanny, no último sábado (8), de virada, por 4 a 1, no Ismael Gabardo. O time da casa saiu na frente com Magu, mas viu os visitantes empatarem com Willians e virarem com Felipe Caron e William, duas vezes. A rodada encerrou a primeira metade da 1.ª Fase, em que as equipes jogam fora de seus grupos.

“A gente estava vindo de três derrotas e isso estava abalando o grupo. Conversamos esta semana inteira e conseguimos uma virada em um jogo difícil”, afirmou o lateral/atacante William, autor dos dois últimos gols do Renô na partida. “A gente veio com uma motivação diferente, precisávamos que saíssemos com a vitória do jeito que desse”, completou o atacante Felipe Caron, autor de um gol e fundamental no lance-chave da partida, o gol de empate. O Renovicente é o vice-líder do Grupo B com 9 pontos.

Para o time do Vila Fanny, ficou acesa a luz de alerta de precisar melhorar nos duelos diretos, sendo o quarto do Grupo A, último a se classificar, com 8 pontos. “Temos um turno inteiro, cinco jogos para pensar. Temos potencial para reverter a situação. Precisamos sair desta maré, principalmente em casa”, afirmou o meio-campista Magu, autor do gol alvirrubro na partida.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado (15), com os juvenis atuando às 13h30 e os adultos às 15h30. O Vila Fanny enfrenta o Bangu fora de casa, enquanto que o Renovicente faz duelo que pode valer a liderança da chave contra o Urano, em casa, no Solar do Bosque.

O jogo

O placar de 4 a 1 para o Renovicente não refletiu o equilíbrio visto no Ismael Gabardo durante a maior parte do jogo, que foi bastante brigado com o árbitro Elvio Kertelt Legnani tendo bastante trabalho com cartões.

Após um início lá e cá , o Vila Fanny começou a dominar ligeiramente as ações e foi premiado com o gol. O alvurrubro saiu na frente aos 33 minutos em cobrança de pênalti com categoria de Magu. O gol parecia que alteraria mais ainda o equilíbrio visto até então.

Porém, aos 40 minutos, o lance-chave do jogo aconteceu. A bola foi recuada para o goleiro Cesinha do Vila Fanny. Pressionado por Felipe Caron, o camisa 12 matou a bola mal e perdeu a posse para o atacante do Renovicente, que arrancou pela direita e colocou na cabeça de Willians, empatando a partida. “O campo estava seco e a bola quicando muito, então resolvi ir atrás e tive a sorte de roubar a bola”, explicou o camisa 11 do Renô após o jogo.

O empate abalou o Vila Fanny. A virada veio no segundo tempo em uma cobrança de pênalti que selou a expulsão do meia Leomar (que não é aquele), autor da penalidade, por dupla advertência. Na marca dos 11 minutos, Felipe Caron marcou e colocou o time visitante na frente.

O Renovicente cresceu no jogo e teve várias chances de ampliar. Quando o fez, aos 29 minutos, foi com estilo, num voleio de William após escanteio da direita.

Com vantagem de dois gols, a equipe visitante passou a espreitar o contra-ataque e a resistir às tentativas do Vila Fanny em encostar no marcador. E em um dos últimos lances deu certo… para o Renovicente. A puxada de contra-ataque encontrou William pronto para colocar na saída de Cesinha e fechar o placar aos 49 minutos.

Alalaô

Em pleno inverno curitibano, a temperatura do jogo ficou na casa dos 27 graus, também conhecido como calor extremo de verão curitibano. Com a umidade baixa, típica do mês de agosto, o árbitro paralisou a partida para pausas para reidratação nos dois tempos de partida.

Nos juvenis, vitória do Vila Fanny

Na preliminar, o Vila Fanny chegou aos 15 pontos em 18 disputados ao bater o Renovicente por 1 a 0. O gol da partida dos juvenis foi feito pelo centroavante Géderson, aos 30 minutos do segundo tempo, ao completar falta cobrada por Tiquinho.

Ficha Técnica

Vila Fanny 1 x 4 Renovicente

Estádio Ismael Gabardo, Vila Fanny, Curitiba

Vila Fanny: Cesinha; Marcinho (Valdir), Rogério, Marquinhos (André Ceará) e Bruno; Alex, Leomar, Magu e Joãozinho (Wallysson); Juliano e Zé Ricardo. Técnico: Nego.

Renovicente: Paulo; William, Lila, Dudu e Juliano (Raul); Ivan, Assuero (Pequeno), Bruno (Chapoca) e Ricardinho; Willians (Carlão) e Felipe Caron (Didi). Técnico: Rossano Santana (Não ficou à beira do campo, suspenso, com o time sendo comandado por Lucão)

Arbitragem: Elvio Kertelt Legnani, Fabrício da Silva Martins e Fernando César Tobias.

Gols: Magoo (FAN), aos 33’/1º; Willians (REN), aos 40’/1.º; Felipe Caron (REN), aos 11/2.º; Wiliam (REN), aos 26’/2.º e 49’/2.º.

Cartões amarelos: Marcinho, Leomar (2), Joãozinho (FAN). Paulo, Lila, Juliano, Assuero, Willians, Didi (REN).

Cartão vermelho: Leomar (FAN) (dupla advertência).

Confira imagens das partidas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Futebol Alternativo, Metrópole adentro

3 Respostas para “Renovicente se reabilita sobre Vila Fanny em virada nervosa

  1. Pingback: Placar da Rodada – Suburbana | Futebol Metrópole

  2. Pingback: Relembre a 1.ª Fase da Série A da Suburbana em 11 ESCENARIOS | Futebol Metrópole

  3. Pingback: Julgamento do Renovicente adia começo da 2.ª Fase e pode mudar chaveamento | Futebol Metrópole

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s